A vida é a arte do encontro, embora haja tanto desencontro pela vida .

Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!

V. de Moraes

Final de curso, dúvidas e rua com várias mãos

7.7.10 / Postado por **LiLiana** /

Desde o começo do segundo grau (digo segundo grau porque sou das antigas) e já começa a adrenalina do final dos estudos mais que obrigatórios de serem cumpridos por um ser que não faz nada além de estudar e coçar o dia inteiro...
E aí vem o dia da formatura, hohoho auge dos anos gloriosos e começo das dúvidas... Que fazer da vida? cursinho, faculdade humm isso parecer ser show! curso técnico? trabalhar em alguma coisa e pensar depois em uma profissão? coçar o dia inteiro e viver de mesada?
Bom não sei, dúvidas cruéis como essas já se passaram pela maioria das cabeças humanas e pensantes...
Eis que decide que vai fazer cursinho, mas péra aí já decidiu que curso vai prestar??? ou não??? fica as dúvidas infernizando a cabeça e você ainda não sabe tomar uma das decisões mais sérias da sua vida! poxa... que F$##*!
Várias ruas querido leitor, várias direções e você alí com 17 ou 18 anos tendo que tomar tal decisão!
Varias mãos, excelente, decidi ir por aqui, tá bom, mas e agora será que foi acertado? não sei só o tempo dirá? e no meio do caminho você encontra várias pedras (bom no eu caminho foram verdadeiros rochedos na facul) ehehe a Pati que acompanhou que o diga, rsrs
E no final levando pedradas, sim diversas e demolindo verdadeiros paredões quimicos, físicos, piscicultisticos etc etc ah esqueçi.. até monografísticos tsc tsc... chegamos ao final e percebemos que o caminho árduo valeu a pena para descobrir que vc até gosta da profissão a qual vc lutou durante várioss anos, mas... que não é o que você gostaria de fazer o resto da vida!
O que fazer agora?
Continua... outro dia....

Tags

1 comentários:

Pah on 7 de julho de 2010 16:56

Se fosse fácil não seria tão difícil... hihi frase óbvia mas que reflete um pouco da indecisão que todos passamos. Fazer escolhas que remetem ao "pra sempre", sempre irão soar como pertubadoras e cruéis, afinal será que eu estarei restrita e presa a isso pro resto da vida? Eu não me arrependo por nenhuma escolha, todo o conhecimento acumulado em todos esses anos me tornaram uma pessoa melhor, se vamos conseguir atuar, ter sucesso profissional e se realmente estaremos felizes com isso só o tempo e a experiência dirá!
Se tivesse escolhido direito, medicina ou publicidade com certeza estaria com exatamente as mesmas dúvidas nesse momento tão crucial.
E assim a vida segue... pra todos!

Postar um comentário

Deixe seu recado!